Lula: “A terceira via é uma invenção dos partidos que não tem candidato”


Lula é elegível para concorrer novamente à presidência em 2022 | ZUMA Press, Inc./Alamy Stock P)))


Na manhã desta terça-feira, 20, o ex-presidente Lula (PT) concedeu entrevista a Rádio Jovem Pan de Sergipe em cadeia com outras emissora de Rádio da Bahia e foi questionado sobre a possibilidade de uma candidatura de terceira via prosperar nas eleições de 2022.

O líder petista lembrou que desde 1989 às eleições presidenciais são polarizadas, mas que na próxima eleição a disputa não será dessa forma devido ao radicalismo solitário e de extrema direita representado somente por Jair Bolsonaro.

"A terceira via é uma invenção dos partidos que não tem candidato. Falam em polarização… O que tem de um lado é democracia e do outro é fascismo. Quem tá sem chance usa de desculpa a tal da terceira via. Seria importante que todos os partidos lançassem candidato e testassem sua força”, observou.

CPI

Lula também foi questionado sobre seu posicionamento a respeito da CPI da Pandemia que tem recebido graves denúncias de corrupção na compra de vacinas contra Covid-19 pelo Ministério da Saúde e como isso poderia influenciar no impeachment de Bolsonaro.

O ex-presidente disse que a comissão tem prestado um ‘papel importante’, cumprimentou a Mesa Diretora da CPI formada pelos senadores Omar Aziz (PSD-AM), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Renan Calheiros (MDB-AL) e ressaltou que em “algum momento teremos um veredito”.

"Eu quero parabenizar os membros da CPI da Covid. Que a gente possa continuar demonstrando ao povo brasileiro todas as provas necessárias que o crime teve responsável, que foi o governo brasileiro. Em algum momento teremos um veredito. Ou impeachment ou interdição dele”.

Voto impresso

Os jornalistas aproveitaram a ocasião para saber de Lula sobre o famigerado “voto impresso auditável” defendido diuturnamente por Bolsonaro e seus apoiadores.

Na última sexta, 17, com a iminência da derrota, deputados governistas adiaram a votação da PEC do Voto Impresso na Comissão Especial sobre o tema.

“O Bolsonaro ao invés de ficar falando bobagem de voto impresso, deveria falar como vai gerar emprego, como vai fazer pra colocar comida na mesa do povo. Voto impresso é uma justificativa de quem não tem o que dizer pro povo”, disse Lula.

O ex-presidente complementou dizendo que Bolsonaro deveria deixar de ser ‘chucro’ e ‘estúpido’ quando falar que não vai entregar a faixa presidencial se o voto impresso não for aprovado no Congresso Nacional.

"Agora o Bolsonaro fica dizendo que se for derrotado nas eleições não vai entregar a faixa…Bolsonaro, pare de ser chucro. Pare de ser estúpido”, disparou.

“Ninguém quer receber a faixa de você. Pode deixar que o povo vai empossar o presidente eleito em 2022. E não será você”, finalizou.

Assista a entrevista completa!


Gabriel Barbosa

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.