Compartilhar ai vai!

Romero apresenta a padres área onde será construído templo católico


Os católicos que vão residir no Complexo Habitacional Aluízio Campos, em Campina Grande, vão contar com uma igreja a ser construída naquela nova área da cidade.

O prefeito Romero Rodrigues, na manhã desta quarta-feira, 30, visitou o local do futuro templo, tendo recebido um grupo de autoridades eclesiásticas, além de lideranças políticas e engenheiros da Construtora Rocha, responsável pela obra.

Entre os líderes religiosos, participaram da comitiva os padres Luciano Guedes (pároco da Catedral), Aparecido Camargo (administrador diocesano), João Paulo Victor (pároco de Esperança) e o José Benedito Reis (pároco do Ligeiro).

Ainda acompanharam a visita o vereador Pimentel Filho e o coordenador da comunidade Pio X, Gustavo Lucena, entre outras lideranças católicas.

De acordo com o padre Luciano Guedes, a comunidade católica recebe com muita alegria o terreno para a edificação deste templo, sobretudo porque é localizado num novo núcleo habitacional destinado ao povo campinense.

“A nossa presença aqui será fundamental pela própria atividade missionária que a Igreja tem a cumprir em mais um núcleo de expansão habitacional da nossa cidade”, afirmou, acrescentando que “reconhece o esforço coletivo dos entes públicos e privados que criam condições para que o povo também possa receber a devida assistência espiritual por parte da comunidade religiosa”.

A construção do novo templo vai representar, em Campina Grande, o surgimento de uma nova paróquia, cuja denominação deverá receber o nome de São João Paulo II, em homenagem a um dos maiores papas da história da Igreja Católica.

Além do templo católico, no seu entorno haverá ampla área para estacionamento e também um espaço adequado para a realização de encontros de casais com Cristo.



Paraibaonline




Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.