Ricardo retira R$ 7 milhões de UPA, Hospital de Santa Rita e Oncologia de Patos



A edição desta sexta-feira (4) do Diário Oficial do Estado (DOE) trouxe remanejamentos de recursos destinados a unidades hospitalares da Paraíba. Entre as mudanças, estão sendo anulados recursos destinados ao Hospital Metropolitano de Santa Rita, à Unidade de Pronto Atendimento de Urgência (UPA) de Cajazeiras e à Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) de Patos. Ao todo, estão sendo relocados R$ 7 milhões. O dinheiro será destinado para a implementação da Política de Assistência Farmacêutica do Estado.

Pela descrição, estão sendo anulados R$ 1 milhão destinado à ‘Implantação e Implementação da Unidade Hospitalar na cidade de Santa Rita; R$ 1 milhão destinado à Unidade de Pronto Atendimento de Urgência (UPA 24 horas) de Cajazeiras; mais R$ 2 milhões do Hospital Metropolitano de Santa Rita, e ainda R$ 3 milhões da Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) de Patos. Tanto a unidade hospitalar em construção na cidade metropolitana, quanto a de Patos, estão entre as promessas do governador Ricardo Coutinho (PSB) para este ano.

Apesar da transferência dos recursos, o secretário de Administração do Estado, Waldson de Souza, alega que não há risco de paralisação de obras. O dinheiro, ele ressalta, está assegurado para a conclusão dos trabalhos nos dois prédios e há o suficiente para a conclusão. Ele também assegurou que o dinheiro para o custeio na UPA de Cajazeiras também está garantido. “É compreensível que as pessoas entendam sempre que haverá anulação de serviços, quando há anulação de dotação orçamentária, mas na gestão pública às vezes tem recursos excedentes em um lugar e ele é transferido para onde é mais necessário”, explicou.




Fonte: Jornal da Paraíba



Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.