Polícia da Paraíba encontra idoso apontado como “isca” para crimes


O mistério está esclarecido. A Polícia Militar encontrou nessa quinta-feira (11), em João Pessoa, um idoso de 71 anos que estava sendo apontado como “isca” para assaltos praticados nos bairros de Manaíra e Miramar. A localização do homem ocorreu durante a operação Impacto, em uma pousada, onde estava hospedado há três dias.

A imagem do idoso foi compartilhada em vários grupos de WhatsApp, no entanto, a Polícia Militar trata o caso com cautela e para preservar sua integridade física, ele será monitorado.

Apesar do suposto envolvimento do homem em crimes, nenhum registro foi feito no Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) em relação ao caso.

Conforme a polícia, o idoso é natural da Bahia e visitava João Pessoa frequentemente há cinco anos, sempre se hospedando na mesma pousada e pagando as diárias antecipadamente.

A PM está atuando de forma integrada com as Polícias Militar e Civil do Rio Grande do Norte, já que também circula na internet informações de que o idoso estaria atuando no estado.

De acordo com a capitã Carla Marques, da Polícia Militar, o idoso foi encontrado em uma pousada de João Pessoa, contou que é natural da Bahia e tem 71 anos. Segundo a policial, além da averiguar a informação, a polícia foi até a pousada com o fim de garantir a integridade física do idoso, uma garantia do Estatuto do Idoso. “Ainda mais quando casos de pessoas que acabam querendo tomar atitudes por conta própria e acabam cometendo injustiças”, justifica.

Os relatos compartilhados nas redes sociais informavam que o idoso era “isca” para assaltos. Segundo as mensagens, ele pedia carona e logo depois assaltantes em motos roubavam o motorista.
Após receber relatos de que o idoso também havia estado em Natal, no Rio Grande do Norte, há poucos dias, a Polícia Militar entrou em contato com a polícia do estado vizinho. Assim como na Paraíba, não há nenhuma denúncia ou registro criminal contra o idoso no Rio Grande do Norte, segundo a assessoria da Polícia Militar.

NAS REDES SOCIAIS O QUE DIZEM:

Desde o início da semana, proliferam relatos de pessoas que se depararam com esse velhinho, que se identifica como ‘Antônio Luiz ‘. Ele foi visto sempre aparentando estar passando mal e, tão logo é socorrido por alguém que se compadeça, aparecem assaltantes para subtrair os pertences dessas almas caridosas, menos o velhinho, que nunca é abordado pelos meliantes.











Fonte: com o MaisPB







Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.