Ofício enviado à PF confirma envolvimento de Cartaxo no escândalo da Lagoa


O prefeito Luciano Cartaxo (PSD) afirmou ontem que a Operação Irerês deflagrada pela Polícia Federal para apurar fraudes na obra de requalificação do Parque Solon de Lucena, a Lagoa, não atinge a Prefeitura de João Pessoa. No entanto, um ofício assinado pelo prefeito comprova que a Polícia Federal está sim no encalço da Prefeitura de João Pessoa em busca de provas das irregularidades, que segundo perícia da própria PF já está comprovada.

Na noite de hoje, o Blog do Marcos Wéric, teve acesso a um ofício assinado pelo prefeito Luciano Cartaxo, endereçado ao delegado que preside o inquérito penal na Polícia Federal, José Juvêncio, dando explicações a PF sobre as denúncias de superfaturamento e desvio de recursos públicos na obra da Lagoa.

No ofício, Cartaxo diz que atende a solicitação do perito Thiago Mendonça Muniz de Albuquerque, sobre a batimetria da obra.

O ofício assinado por Cartaxo e dirigido ao delegado da Polícia Federal “colocam” o prefeito na cena do crime. As informações são do blog do Marcos Wéric.

Veja abaixo cópia do ofício enviado por Cartaxo à Polícia Federal:




Paraíba Já.

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.