Lula ta com medo de Bolsonaro para mandar recado?


O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva quer voltar à presidência do Brasil, isso nas eleições do ano que vem, em 2018. Para tanto, já lançou sua pré-candidatura e certamente será o representante da legenda 13 (PT) na corrida presidencial. A única coisa que pode impedir é se o petista for condenado em segunda instância pelo caso do tríplex no Guarujá, no Litoral de São Paulo, onde o ex-presidente é acusado de ter recebido o imóvel como propina e ocultado o mesmo.

Desde que o assumiu que tem o desejo de se tornar presidente novamente, o petista vem fazendo diversos congressos pelo Partido dos Trabalhadores e tem reunido a cúpula do partido, a fim de unir toda a esquerda brasileira para eleger o político no ano que vem.

A empolgação do ex-presidente é bem grande pelo fato de dominar as pequisas presidenciais [VIDEO], só que, a cada congresso, o petista polemiza um pouco mais.

Recado para Bolsonaro

O deputado federal Jair Messias Bolsonaro é, de longe, o maior concorrente de Lula para as eleições presidenciais de 2018, pelo fato de que nas pesquisas sempre aparece em segundo lugar, em algumas, até fica na primeira posição. Quando o petista é desconsiderado pela possibilidade de ser preso, Bolsonaro fica em primeiro isoladamente.

Lula não costumava citar o parlamentar, mas em seu último congresso pelo partido falou algo que soou como um recado para o pré-candidato concorrente, pois o ex-presidente afirmou que a esquerda tem de se reunir e destruir a extrema-direita, porém, lembrou que a única coisa ruim que este viés ideológico fez para a oposição foi a criação de Jair Bolsonaro, o que pareceu uma grande provocação para o deputado federal.

O ex-presidente, ao falar sobre Bolsonaro, falou de uma maneira desprezadora, afirmando que a única coisa ruim que extrema-direita fez foi “parir” o Bolsonaro, palavra que pode ser considerada ofensiva.

Bolsonaro provoca Lula?

O deputado federal Jair Bolsonaro costuma provocar o ex-presidente Lula, sendo um apoiador declarado da Operação Lava Jato e do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações em Curitiba [VIDEO], e o mesmo comemorou muito quando a sentença final de Moro em primeira instância foi dada ao petista, a qual colocou a candidatura do ex-presidente em alto risco.

Lula é o atual candidato oficial pelo PT e só não anunciou sua candidatura pelo fato que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não permite que pré-candidatos anunciem a candidatura oficial antes do período determinado pelo órgão.





Blasting News

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.