Itapororoca decidirá em plebiscito se aceita água tratada pela Cagepa


Itapororoca, no Litoral Norte Paraibano, deve realizar um plebiscito para que seus habitantes decidam se aceitam ou não que a Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba, Cagepa, assuma o abastecimento na cidade. Uma análise feita na água distribuída pela cidade, que não recebe tratamento, constatou a presença de 78% de coliformes fecais.

Em contato com o Portal MaisPB, o vereador Altamir Meireles explicou que a Câmara Municipal realizou audiência pública e na terça-feira (15) ele irá apresentar a proposta do plebiscito na Casa.

De acordo com o parlamentar, em maio ele propôs um projeto criando uma autarquia municipal para tratamento de água e esgoto, mas a matéria foi rejeitada. Segundo ele, a Prefeitura planeja fazer a cessão do tratamento e distribuição para a Cagepa.

O vereador lembrou que a distribuição de água na cidade é feita de forma gratuita e por isso os itaporoquenses devem decidir sobre o caso.

“Já que estamos nas mãos da população vamos botar essa decisão nas mãos dela para decidir se quer uma água tratada da barragem da Cagepa ou continuar do jeito que está porque infelizmente a Prefeitura não tem condições de arcar com essa estação de tratamento”, afirmou.

Com base em estudos realizados por órgãos competentes, o  vereador Altamir Meireles (PT) denunciou que a água consumida pela população do município está contaminada com 78% de coliformes fecais. Segundo ele, estudos feitos na água comprovaram o alto índice de contaminação.

Roberto Targino – MaisPB

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.