Governador, depois de prometer surra de varas e lapada grande, volta a provocar oposição



O governador Ricardo Coutinho voltou ao capítulo das bravatas. Há alguns anos, quando ainda era filiado ao PT, por exemplo, ameaçou dar uns sopapos no Padre Luiz Couto, durante convenção no Colégio Lyceu. Há uns três anos, numa estrebaria, afirmou que iria dar uma “surra de varas” na oposição, em especial no então prefeito Luciano Agra. Há um ano, disse que iria dar “outra lapada grande” nos adversários.

Eis que, agora, novamente o governador tem novo acesso e avisa furioso que a oposição se prepare para “perder novamente, pois vão perder de novo”.  Foi o que afirmou, na manhã desta segunda, durante evento no Sebrae. Bem, o que se sabe: depois da ameaça a Couto terminou expulso do PT, num processo rumoroso. Após a ameaça da surra de varas perdeu miseravelmente a disputa pela Prefeitura de João Pessoa, como se sabe.

A primeira derrota, em 2012, quando sua candidata Estela Bezerra sequer foi para o segundo turno. Luciano Cartaxo foi eleito com o apoio do “ameaçado” Luciano Agra. Em 2016, a “lapada” foi contra a secretária Cida Ramos, que perdeu a disputa já no primeiro turno. Agora, a bravata do governador é para tentar empinar a candidatura do secretário João Azevedo (Infraestrutura), que promete eleger derrotando os opositores.


Blog Helder Moura

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.