De novo: João Azevedo pode ser trocado por Cida Ramos se não alcançar 10% nas pesquisas


Uma fonte do PSB informou ao Polítika que João Azevedo tem até o Carnaval (fevereiro) para alcançar 10% nas pesquisas e mostrar viabilidade eleitoral para tentar superar o favoritismo de Luciano Cartaxo. Caso não consiga, será trocado mais uma vez por Cida Ramos, candidata a prefeita de João Pessoa em 2016.

A fonte revelou que Ricardo Coutinho tem medo que a reforma eleitoral mantenha apenas os 45 dias de campanha eleitoral, o que praticamente impossibilita as viradas eleitorais, como ficou comprovado na eleição municipal de 2016. Até 2014 eram 90 dias de campanha, o que facilitava a vida dos candidatos desconhecidos e/ou com a “máquina pública” na mão.

Mesmo que a nossa reforma eleitoral, vergonhosamente feita em fascículos, aumente a duração da campanha para 60 dias, ainda seria arriscado apoiar um nome impopular e sem carisma, como João Azevedo, caso ele não alcance os dois dígitos nas pesquisas quantitativas.

O estepe dos girassóis seria novamente a professora Cida Ramos, aproveitando o recall (lembrança) dela no eleitorado da Grande João Pessoa fruto da última eleição. Macaca velha na política estudantil e sindical, Cida possui mais jogo de cintura e teria como ponto forte a retórica para defender o “modo PSB de governar” nos comícios e debates.

Hoje, João Azevedo é o pré-candidato do PSB. Mas só a vitória interessa a Ricardo Coutinho.

“Eu vejo o futuro repetir o passadoEu vejo um museu de grandes novidades”…




Politika

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.