Coren-PB pede suspensão de seleção em UPA de CG


O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba ingressou com pedido de suspensão do Processo Seletivo da UPA de Campina Grande, em virtude da baixa remuneração ofertada para o cargo de Enfermeiro. O edital estabelece para o enfermeiro a jornada de 10 a 15 plantões de 12 horas, oferecendo a remuneração de R$ 127,50 por plantão.

Para Técnico de enfermagem, com jornada de 40 horas semanais, a remuneração é de R$ 1.000,00. Contudo, o enfermeiro deverá exercer atividades que exige formação profissional e atribuições de extrema responsabilidade, o que demonstra a complexidade do cargo.

“Há uma incompatibilidade nos valores ofertados, pelo nível de formação profissional, ferindo o princípio de isonomia”,  afirma Ronaldo Beserra, presidente do Coren-PB.

O Código de Ética da profissão, no Art.62º, garante que é direito do profissional receber salários ou honorários compatíveis com o nível de formação, a jornada de trabalho, a complexidade das ações e responsabilidade pelo exercício profissional.

O Coren-PB requereu a suspensão do Processo para que seja corrigido o salário base do Enfermeiro constante no Edital e definiu um prazo de 10 dias para que haja manifestação quanto à impugnação.



Da Redação com Ascom

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.