Vendas do 26º Salão de Artesanato da Paraíba passam de R$ 800 mil


As vendas da 26ª edição do Salão de Artesanato da Paraíba chegaram a R$ 839,9 mil, com quase 52 mil produtos vendidos. De acordo com a coordenação do Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), entre as tipologias mais vendidas estão: habilidades manuais (R$ 177.890), fios (R$ 143.405) e madeira (R$ 92.095).

Outro destaque de vendas ficou por conta da gastronomia, que levou o melhor da culinária regional aos mais de 70 mil visitantes que passaram pelo Salão. Ao todo, foram comercializados em comidas típicas R$ 90.980.

A coordenadora do PAP, Lu Maia, disse que os números representam a importância do Salão de Artesanato da Paraíba.

“São números que expressam muito bem o caráter desse evento: fortalecer a cultura popular e desenvolver a economia do Estado. Além disso, o Salão é uma vitrine para o artesão que, sem dúvida alguma, tem recebido o reconhecimento merecido do Governo do Estado”, afirmou.

O evento, realizado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria do Turismo e Desenvolvimento Econômico/Programa do Artesanato da Paraíba, ocorreu de 18 de junho até este domingo (2), em Campina Grande. Para a realização do evento, o Governo do Estado firmou parcerias com vários órgãos, a exemplo do Procon-PB, Empreender-PB e Banco do Brasil.

“Além de todas essas parcerias, contamos ainda com diversos voluntários, incluindo aí os nossos artesãos que, com suas habilidades, auxiliaram na divulgação do evento”, acrescentou Lu Maia.

A coordenadora do PAP ressaltou, ainda, as encomendas que os artesãos receberam.

“O Salão de Artesanato gera resultados que vão muito além do período em que é realizado. As encomendas foram muito significativas. São pessoas que não apenas compram o artesanato da Paraíba, mas que também divulgam as potencialidades desse produto”, destacou.




Com Secom-PB




Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.