Grato por sua visita!

Queimados com fogos e fogueiras caem 40% em CG, mas número de queimaduras em geral aumentou


O número de atendimentos a pacientes vítimas de queimaduras durante o mês de junho deste ano subiu 17%, em relação a junho do ano passado na Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Este número trás um alerta para a população adulta, pois o número de queimaduras com fogos de artifício e fogueiras caiu 40%, o que nos mostra que há necessidade de aumentar o cuidado em todas as situações envolvendo fogo e não só estes dois.

Os dados de 2016 e 2017 divulgados pelo hospital, mostram que adultos continuam sendo os mais imprudentes no manuseio do fogo.

Em junho deste ano foram registrados 94 atendimentos na unidade de queimados. Desse total, 25 atendimentos foram para pessoas com ferimentos causados por fogos e fogueiras juninas. Entre essas vítimas  estão 10 crianças e adolescentes até 14 anos, e os outros 15 foram adultos.

Já no mês de junho de 2016, a unidade de queimados atendeu 80 pacientes com queimaduras em geral. Entre estes, 42 pacientes foram vítimas de ferimentos causados por fogos e fogueiras. Entre eles havia 13 crianças e adolescentes, e outros 29 eram adultos.




Da Redação com ASCOM

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.