Operação Gabarito entra na 4ª fase com novos pedidos de prisão

A Operação Gabarito, promovida pela Polícia Civil para investigar fraudes em concursos público no Nordeste, entrou na 4ª fase, com cumprimentos de mandados de busca e apreensão e solicitação de novas prisões à Justiça.

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações da Polícia Civil em João Pessoa (DDF), Lucas Sá, há novas provas, foram cumpridos mandados de busca e envio de relatório.

“Cumprimos mandados de busca na Paraíba e em Pernambuco esse semana e mandamos um relatório complementar com mais de 300 páginas, com novas provas descobertas. Com base nesse relatório e em algumas diligências recentes estamos pedindo a prisão de algumas pessoas”, contou o delgado.

A Operação Gabarito, da Polícia Civil da Paraíba, investiga um grupo suspeito de fraudar pelo menos 70 concursos públicos e vestibulares e lucrar ao menos R$ 18 milhões com a aprovação de mais de 500 pessoas. As fraudes teriam começado em 2005 na Paraíba e em Pernambuco, Alagoas, Sergipe, no Rio Grande do Norte e no Piauí.

Os nomes dos novos suspeitos não foram divulgados para não prejudicar o andamento da operação.





Da Redação com Correio

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.