Grato por sua visita!

O Maior São do Mundo: Campina venceu!


O ano 2017 entrou definitivamente para a história do Maior São João do Mundo. Não podia ser diferente. Após 33 edições seguidas com base num modelo em que o poder público entrava com a maior parte dos recursos milionários, o evento este ano enfrentou o desafio de ser gerido a partir de uma Parceria Público Privada (PPP) inédita no Brasil para uma festa de 30 dias ininterruptos e uma singular complexidade em sua estruturação e logística. E destaque para a grande mágica gerencial: tomando como referência os valores históricos, a edição de maior sucesso na história só pesou um terço para os cofres municipais e está viabilizando, de imediato, a construção de um novo Hospital da Criança e do Adolescente, com R$ os 5 milhões economizados.

Como toda ideia nova, o novo modelo gerencial do Maior São João do Mundo inicialmente alimentou muita desconfiança, gerou muitas polêmicas (em sua maior parte, dispensáveis) e encarou insatisfações de setores que tiveram seus interesses contrariados. Nada disso, contudo, foi capaz de comprometer a festa. Muito pelo contrário. Apenas deixou evidente que a fórmula testada não apenas foi aprovada com louvor, como também serviu para jogar por terra certos mitos e paradigmas estabelecidos ao longo das décadas.

Venceu a obstinação, ousadia e coragem política do prefeito Romero Rodrigues. Para não deixar dúvidas sobre sua absoluta fé no novo projeto, Romero anunciou-se como "coordenador geral" do Maior São João do Mundo 2017, atraindo para si toda a responsabilidade para eventual insucesso da festa. A aposta do prefeito que, em seu segundo mandato, continua surfando bem em um alto nível de popularidade e aprovação, deu certo. E não apenas isso: demonstrou que a força do sucesso do novo modelo tem por base a leitura lógica de que, mais importante do que se submeter as pressões de grupos ou setores, é fundamental atender à vontade do povo, dar a contribuição para que as pessoas tenham seu quinhão de felicidade e satisfação, sem desmerecer as raizes e identidade culturais. E, de quebra, deixar como legado da festa um moderno hospital, cuja construção a curto prazo é uma grande conquista.

Plural, inusitado, surpreendente e bem organizado, o Maior São João do Mundo 2017 divulgou e promoveu Campina Grande a níveis nunca antes alcançados. Seja por veículos de massa segmentados como a TV Aparecida e a Canção Nova, que mandaram equipes exclusivas para a cobertura da festa, seja pela cobertura realizada por correspondentes e, nos próximos dias, transformada em matérias em jornais europeus como o The Guardian e o The Sun, ambos de Londres, o evento teve espaços generosos nas TVs Globo, Bandeirantes e Record, a cidade se tornou referencial também como roteiro junino, no UOL, no Estadão, na Revista Exame e em inúmeras outras plataformas midiáticas.

Trabalho de equipe, empenho individual e compromisso com a cidade. Todos esses elementos juntos podem ajudar a entender o sucesso estrondoso do São João de Campina Grande este ano, além das qualidades de um gestor com intuição apurada para o que interessa ao povo. Nunca duvidem da capacidade de Campina de superar os próprios desafios.



Por Marcos Alfredo



Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.