Manoel Júnior rechaça composição com Romero e Cássio: “Chapa familiar”


O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB) rechaçou uma possível composição de chapa para 2018 formada por Cássio Cunha Lima e Romero Rodrigues, ambos do PSDB, e afirmou que, se for assim, será uma “chapa familiar”.

“Nós não vetamos o nome de ninguém. Eu não posso interferir nas decisões do PSDB. Eu só não entendo que uma chapa com Romero (Governo) e Cássio (Senado) funcione. Seria uma chapa familiar partidária, que não seria de bom alvitre para uma vitória no próximo pleito, tendo a Paraíba um candidato do governador”, disse Manoel Júnior.

Ele apontou que para se escolher uma chapa, as vaidades devem ficar de lado e ocorrer uma interação.

“No ano eleitoral, na hora de escolher a chapa, o que tem que valer é você se despir das suas vaidades pessoais, fazer um projeto coletivo e interagir”, acrescentou.

Para Manoel, Romero deve participar de todo o processo de construção da chapa.

“Romero tem que participar das discussões por ser o prefeito da segunda maior cidade do Estado, ser muito bem avaliado e ser um cidadão de bem. Ele vai participar do processo de construção da chapa majoritária”, completou.



Paraíba Todo Dia

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.