Compartilhar ai vai!

Gari encontra corpo de bebê dentro de lixo em Timon, no estado Maranhão que foi jogado pela própria mãe


As cachorras, ou melhor, as cadelas cuidam dos seus filhotes até o desmamo, assim ocorre com vários especie de animais irracionais, mas o animal humano, que se acha intelectual, socializado, pensativos muitos deles tratam seus filhos como lixo. Pais canalhas e covardes que sabem sentir prazer na cama, mas quando mulher fica gravida pede pra ela abortar, e quando não aborta, tanto o canalha do pai, como a pilantra da mãe que jogar o filho no lixo, no esgoto, terreno baldio ou dentro da lama.

Me desculpe a forma dos termos usados a seguir, mas todos sabem que isso ocorrer em todo Brasil, porque falta politica de controle de natalidade, como educação na escola educação, como no seio familiar, para orientar os jovens a evitar gravidez indesejada, isto é, que o idiota goze fora da vagina, que a idiota exija que o burro que transa com ela use camisinha.

Segundo o portal Cidade Verde.com, no estado Maranhão, o corpo de um bebê foi encontrado por um gari dentro de um depósito de lixo no cruzamento das Avenidas Tiúba e Perimetral, na cidade de Timon (MA), por volta de 9h da manhã da terça-feira (18).

O delegado Rogério Ferreira, da Central de Flagrantes de Timon, informou que o bebê estava enrolado em um saco de lixo. O gari achou estranho e, quando abriu a sacola, viu que tinha um corpo dentro.

O gari, foi quem acionou a polícia. O corpo de bebê, que ainda não está identificado, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal e passará por perícia cadavérica.

Segundo o delegado regional de Timon, Humaitan Silva de Oliveira, a mulher que jogou o cadarver do filho no lixo, foi identificada como Ana Nubia Almeida da Silva, 40 anos, morava com um filho de 20 anos e mais dois filhos menores de idade. O delegado frisa que há vários questionamentos a serem esclarecidos. "Colhemos informações de que ela tentou ocultar a gravidez. Mesmo sendo uma mãe experiente, não fazia o pré-natal e disse que estava com um mioma que havia estourado e por isso procurou o hospital. Ela apresentou muitas contradições. Quando confirmou a gravidez disse que estava de quatro meses... ela não confirma que matou, mas que não queria o filho, pois não estava preparada. Temos fortes indícios de que tudo foi premeditado", disse o delegado.

Ainda segundo o delegado, a mãe investigada pela morte do próprio filho recém-nascido tentou ocultar a gravidez. O caso ainda está sendo investigado e não há confirmação se o crime será caracterizado como infanticídio ou homicídio doloso. Contudo, o delegado revelou que há fortes indícios de que o crime foi premeditado. Após o parto, a mãe teria ficado cerca de quatro dias em casa com o bebê morto.

"Ela diz que teve o bebê no banheiro e o deixou enrolado numa toalha. A casa só tem um banheiro e como ninguém viu? Sem contar no mau cheiro. Ela tem dois filhos pequenos, e outro maior de idade que tem 20 anos. Ainda não ouvimos ele e será investigado isso também,  se teria ajudado na ocultação”, disse Humaitan.

A caracterização do crime em homicídio doloso ou infanticídio vai depender da perícia médica que indicará se ela estava ou não em estado puerpero.

De acordo com o delegado, Ana Nubia Almeida da Silva negou, a princípio, ter colocado o filho no lixo, inclusive, disse que desmentiu a gravidez.  Contudo, após ser submetida a exame clínico pericial foi constatado o parto e a realização de um procedimento de curetagem feito no hospital Alarico Pacheco, última sexta-feira (15).

Em depoimento, a suspeita contou que o parto ocorreu durante um banho e que, em seguida, enrolou o filho em uma toalha e o deixou no banheiro até resolver colocá-lo em um saco e depois em uma lixeira próxima na esquina da sua casa.

Ana Nubia Almeida é solteira e trabalha como artesã e também vende comida na porta de casa.

Se não tem condição de criar um filho, evite engravidar, falo para as mulheres e homens canalhas que sabem fazer um filho, mas não querem assumir a paternidade. Mulher não fica gravida só.






Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.