Grato por sua visita!

Ex-presidente de Câmara Municipal é acusado de depositar R$226 mil na conta da mãe dois dias antes da gestão acabar, na PB


O ex-presidente da Câmara Municipal de Cabedelo, Lucas Santino (PMDB) está sendo acusado de transferir R$226 mil para a conta de sua mãe, Ana Maria Santino da Silva, no dia 28 de dezembro de 2016, quando faltava apenas dois dias para terminar sua gestão à frente da Câmara.

As informações foram prestadas pela Caixa Econômica Federal à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades na gestão de Santino à frente da Câmara de Vereadores do município.

Segundo denúncia veiculada no portal de Heron Cid, Lucas contratou, sem licitação, a Nordeste Galpões, tida pelo presidente da CPI, Antônio do Vale, como uma empresa fantasma. A firma sequer existe no endereço registrado na Receita. Do contrato, R$ 225 mil foram parar, misteriosamente, na conta da mãe do presidente da Casa.

Documentos encaminhados à CPI pela Caixa Econômica comprovam e não deixam margem para dúvidas.




Da Redação com Heron Cid

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.