Grato por sua visita!

Estudante da Unifacisa apresenta projeto que propõe transformação no Parque do Povo


O Maior São João do Mundo terminou neste fim de semana, mas as polêmicas envolvendo a festa parecem não ter fim. Um das questões é a possível mudança da festa para um local alternativo.

O estudante concluinte do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unifacisa, Adam Duarte, sob orientação do professor Giovanni Alencar, apresentou no III Fórum de Turismo de Campina Grande, um projeto para a transformação do Parque do Povo em um parque urbano.

De acordo com o estudante o trabalho teve como ponto de partida a convivência no local durante o período do ano em que não ocorre nenhum evento.

“Faço parte da porcentagem que utiliza o Parque do Povo como palco para esportes e presencio a vida que o Parque do Povo tem no período da noite e a deficiência que o mesmo apresenta em relação à estrutura para favorecer aos esportistas”, destacou.

Além disso, outra questão são as alterações causadas nos arredores do Parque do Povo em época junina, pois, devido à montagem d’O Maior São João do Mundo, ocorre o fechamento de ruas e desvio de fluxos de veículos, bem como o caos no trânsito, em dias de grandes shows.

Além disso, vizinho ao Parque, se encontra um hospital, existindo, assim, uma relação de conflito e o fato da insegurança existente na região, uma vez que, após as festas juninas o parque não possui movimento algum.

No Projeto o estudante afirma que ao transformar o local em um parque urbano de fato, estaria se exaltando as potencialidades que o local oferece.

“Se criaria no coração da cidade um ambiente atrativo e convidativo à população de modo que a mesma passasse a utilizar o local com mais frequência, e não só em épocas festivas, trazendo, assim, o Parque de volta à vida cotidiana da cidade”, afirmou.

O estudante avaliou a participação no Fórum como exitosa. “As pessoas aprovaram a proposta, algumas levantaram diversas discussões de como agregar ainda mais valor ao meu trabalho. Estou muito feliz e satisfeito com a repercussão – positiva- gerada pelo projeto, pois foram inúmeras horas dedicadas à realização deste trabalho, o qual desenvolvi com toda a minha atenção e paixão, pondo em prática tudo aquilo que me foi ensinado nos 5 anos de curso”, finalizou.

Para o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unifacisa, Jean Carlo Fechine Tavares, os trabalhos representam uma contribuição social.

“A cidade vem crescendo e enfrentando novos desafios, e através destes trabalhos nossos alunos estão trazendo soluções e novas ideias para nossa cidade”, destacou.


Foto: Ascom
Foto: Ascom


Fonte: Da Redação com Ascom




Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.