Anastácio diz que condenação de Lula é peça de ficção de Moro para desviar atenções do processo de Temer

Essa sentença de Moro está pronta há muito tempo. Divulgou agora, justamente para desviar a atenção do mar de lama em que o presidente Temer está mergulhado


Segundo Anastácio, a defesa de Lula já provou que o triplex não é dele (Foto: Walla Santos)

O deputado estadual Frei Anastácio disse, hoje (12), que a condenação do ex-presidente Lula, a nove anos e seis meses de prisão, em primeira instância, pelo Juiz Sérgio Moro, foi mais um ato da direita golpista para desviar as atenções do povo em relação ao processo contra o presidente Temer. “É uma condenação que cabe recurso, em cima de argumentos e provas frágeis de uma peça de ficção. Pura distração”, disse o deputado.

Segundo Frei Anastácio, essa sentença de Moro está pronta há muito tempo. Só agora ele divulgou, justamente para desviar a atenção do mar de lama em que o presidente Temer está mergulhado. “A defesa de Lula já provou que o triplex não é dele. Uma prova é que esse imóvel apareceu este ano na declaração de imposto de renda da OAS. Com isso, posso dizer que essa condenação é mais um jogo de cena para proteger Temer que esteja no foco das atenções do mundo”, disse o deputado.

O deputado afirmou que a defesa de Lula já provou, através de documentos, em março de 2016 e janeiro de 2017, feitos a partir de relatório realizado pelo administrador judicial, que analisou a lista de ativos da OAS, e confirmou que o triplex é da empresa e não do ex-presidente. “Essa condenação vem de mais uma peça de ficção do juiz Moro, que ficou sem outras opções para condenar Lula. Como não tem nada concreto contra o ex-presidente, ele tinha que mostrar alguma coisa e justamente agora foi o momento certo para os golpistas desviarem as atenções do seu chefe maior, Temer”, afirmou o petista.

Frei Anastácio disse ainda, que acredita na justiça. “Lula recorrerá em todas as instâncias até o Supremo Tribunal Federal (STF), em liberdade, e tenho certeza de que diante de provas frágeis e dessa peça de ficção do juiz Moro, o Supremo não irá acatar esse absurdo. Enquanto isso, o país assiste a um Congresso, com raras exceções, formado por ladrões e corruptos, que estão roubando direitos dos trabalhadores e rindo da cara de todos. O mundo também está vendo um presidente que, além de golpista, está envolvido em muitas falcatruas e roubalheira e um juiz lança essa condenação contra Lula, sem elementos que provem concretamente as acusações”, disse.




Fonte: ClickPB


Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.