Grato por sua visita!

Advogados de Temer entregam defesa à Comissão de Constituição e Justiça

Caberá agora ao relator analisar a denúncia e os argumentos da defesa para elaborar parecer



Os advogados de Michel Temer entregaram nesta quarta-feira (5) a defesa do presidente à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ) que irá analisar a denúncia contra Temer apresentada pelo PGR (Procuradoria-Geral da República). A defesa foi entregue às 16h pelos advogados Antônio Mariz e Gustavo Guedes.

Caberá agora ao relator, deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), analisar a denúncia e os argumentos da defesa de Temer para elaborar o parecer sobre a admissibilidade ou não da denúncia apresentada pelo procurador Rodrigo Janot.

Bastante assediado pela imprensa em sua chegada à CCJ, Antônio Mariz comentou rapidamente o encontro que teve com o peemedebista no Planalto e disse que o presidente "está tranquilo".

Questionado se haviam feito os últimos ajustes na defesa, Mariz afirmou que mostrou alguns poucos reparos ao presidente que, no entanto, não fez observações.

— Ele não mudou nada, acho que a defesa está boa.

O advogado disse ainda que se prepara para a sustentação oral que fará depois da leitura do voto do relator, previsto para segunda-feira. Ele disse que não vê sentido que o presidente Temer também faça sua defesa, como defendem alguns aliados.

Pelo cronograma definido hoje na CCJ, o relator deverá apresentar seu parecer e voto na próxima segunda-feira (10) para leitura e discussão. Após a leitura, a defesa do presidente Temer poderá se manifestar. Também poderá ter pedido de vista coletivo por até duas sessões da Câmara, o qual será  concedido pelo presidente da CCJ, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG).



Da Agência Brasil





Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.