Grato por sua visita!

Servidores da Saúde de Campina Grande decidem parar trabalhos



Em assembleia realizada na última quinta-feira, 01, os servidores da área de saúde de Campina Grande, decidiram que a partir do próximo dia 7 de Junho, deflagrarão greve por tempo indeterminado, decisão esta que ocorreu devido ao descaso da gestão com a categoria.

A reunião que aconteceu por volta das 9H da manhã, na AABB, contou com um grande número de participantes, que discutiram com a direção do SINTAB todos os pontos da Data Base dos servidores da saúde que inclui condições de trabalho, reajuste salarial anual, manutenção de benefícios e obtenção de outros, que foi apresentado a gestão municipal e que não cumpriu com o acordado em reunião com a secretária de saúde, que tais pontos seriam cumpridos até o mês de maio.

Dentre os tópicos da Data Base da categoria estão o enquadramento das progressões dos servidores da saúde no PCCR dos ACS e ACE; Regulamentação do pagamento em atraso da GIT; Reformulação da Lei do Pmaq; Flexibilização da Jornada de trabalho – Concessão de uma jornada de 06 horas (seis horas) corridas, sem prejuízo de remuneração; Curso Técnico de vigilância em saúde e do técnico de ACS; Concessão de EPI’s para os trabalhadores que laboram em atividades insalubres, bem como fardamentos.

Pelo não cumprimento dos prazos estabelecidos para resolução dessas reivindicações da classe, ficou decidido que a partir da próxima quarta-feira, dia 7 de Junho, todos os servidores da saúde irão paralisar suas atividades por tempo indeterminado em protesto ao desrespeito com que a administração municipal vem tratando não só os trabalhadores da saúde, mas todos os servidores do município que enfrentam o mesmo problema.



Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.