Secretário considera falta de bom senso reclamar do percentual de aumento da PMCG de apenas 3% aos servidores municipais ativos e inativos


Foto: Paraibaonline
O secretário de Administração da Prefeitura Municipal de Campina Grande, Paulo Roberto Diniz, rebateu a fala do presidente do Sintab, Nazito Pereira, que criticou o aumento de apenas 3% aos servidores municipais ativos e inativos.

Paulo Roberto considerou uma falta de bom senso dos sindicalistas, que, segundo ele, não enxergam o esforço feito pela Prefeitura, desde 2013, em conseguir colocar os salários em dia, implantar a carga horária dos professores e conceder aumento concedido pelo governo federal, manter o PCCR da saúde e do magistério, mesmo no período de crise.

– É um esforço gigante para manter a valorização dos servidores. O sindicato deveria refletir um pouco mais sobre a crise nos outros estados e municípios e, mesmo que esta tenha chegado aqui, ela não foi maior que o prefeito Romero, que adotou medidas de gestão e planejamento, possibilitando a prefeitura continuar pagando em dia e concedendo aumento dentro da realidade financeira atual. O sindicato não tem conseguido enxergar diante do nariz o esforço extraordinário que o prefeito tem realizado – rebateu.

Diniz disse que qualquer outro prefeito teria evitado conceder esse reajuste diante da atual situação econômica do país, pois o Fundo de Participação dos Municípios, que é a segunda maior receita de Campina Grande, também tem registrado quedas.



Fonte: Paraibaonline

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.