Grato por sua visita!

Ricardo Coutinho demite diretores da Fundac, mas não anuncia medidas para resolver problema



O governador Ricardo Coutinho precisava tomar alguma atitude em relação à administração da Fundac, responsável pelas unidades socioeducativas. E o que fez após toda a repercussão do massacre no Lar do Garoto? Demitiu três de seus diretores: Fernando Jorge Barros, Alberto Wagner Ribeiro e Denise Miranda Ramos Lucena.

Ou seja, tomou uma atitude midiática, como as demais, tipo anunciar com pirotecnia uma auditoria interna para apurar responsabilidade de servidores, ou determinar uma investigação policial sobre as mortes. Nada mais básico. Mas, uma atitude real, como, por exemplo, destinar os recursos para dotar as unidades de material básico, inclusive de higiene, não anunciou.

Queria o que? Que os diretores e funcionários fizessem mágica com o atual orçamento da Fundac, em sua grande maioria vinculado a pagamento de empresas terceirizadas? Servidores sem um plano de cargos e salários decentes. E o que dizer do pagamento de auxílio periculosidade no ridículo valor R$ 101,00? Não anunciou, por exemplo, um plano de recuperação física das unidades, ou até mesmo a implantação de outras, para reduzir a superlotação.

Então, o Governo segue apenas usando golpes de mídia para tentar impressionar, porque tentar resolver o problema, isto não se vê por ai.





Blog Helder Moura




Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.