Ministério Público move ação contra prefeito de Pocinhos por compra de votos

A denúncia sobre compra de votos é relativa ao último pleito eleitoral, em 2016

(Foto: Reprodução)
Devido a denúncias de compra de voto, o Ministério Público da Paraíba (MPPB), ajuizou uma ação contra o prefeito da cidade de Pocinhos, Claudio Chaves da Costa, e a Secretária Municipal de Educação, Silvana Cavalcanti Leal, na tarde desta terça-feira (13).

A denúncia sobre compra de votos é relativa ao último pleito eleitoral, em 2016. Segundo as denúncias do MPPB, o gestor de Pocinhos, visando as eleições de 2016, utilizou-se do erário público para realizar um depósito em nome de um eleitor, que estava responsável pela ornamentação do comitê político do então candidato a prefeito. Em depoimento ao próprio Ministério Público o citado eleitor disse que o trabalho foi realizado de forma voluntária e que não tinha nenhum vínculo com o denunciado.

Para tentar justificar a legalidade do depósito de R$ 546, o gestor usou a Secretária de Educação do município, Silvana Cavalcanti Leal, sob a alegação de que o depósito seria referente a atividades da área da educação, visto que o eleitor citado seria dançarino da Banda Marcial do Colégio Municipal Padre Galvão.

A ação foi ajuizada pela Promotora de Justiça Fabiana Alves Mueller.





ClickPB

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.