Grato por sua visita!

Cuba avança na direção do capitalismo


A oito meses do fim da presidência de Raul Castro, o Parlamento cubano aprovou um pacote de reformas, que se estendem até 2030, que têm como objetivo responder à crise no país. Entre as novas medidas está uma que permite a legalização das pequenas e médias empresas privadas, mas com restrições. Ainda assim, um avanço para o país que, sob a governação do irmão de Fidel Castro, se abriu também ao exterior.

O novo líder cubano deverá ser eleito em fevereiro de 2018, entre os candidatos está o vice-presidente do país Miguel Díaz-Canel.

A legalização das pequenas empresas constante do pacote de reformas econômicas anunciadas pelo governo do presidente Raul Castro é uma sinalização do avanço desse país para a implantação de um modelo econômico que flexibiliza uma economia de mercado socialista.

A economia de mercado socialista é o modelo econômico empregado pela República Popular da China. É baseado em empresas estatais e uma economia de mercado, e teve suas origens na política de Deng Xiaoping que chamou o seu sistema econômico de socialismo com características chinesas. Um modelo híbrido.



Postado por Severino Neto

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.