Grato por sua visita!

Cantor Luan Santana super lota o Parque do Povo mas não doa um centavo pra entidade filantrópica


O cantor Luan Santana mostrou a cantora Elba Ramalho e ao cantor Alcymar Monteiro, críticos do novo 'cardápio musical' no São João de Campina, que sabe atrair uma grande multidão de pessoas de todas as idades, seja em qual for a região, mesmo não sendo cantor da terra, ou melhor, cantor de forró pé de serra.

No início do período junino, Elba e Alcymar criticaram a presença de cantores de brega e sertanejo no Parque do Povo, muitos artistas criticaram a posição de Elba e Alcymar, hoje veio a resposta de Luan, que foi dada em seu show no Maior São João do Mundo, em Campina Grande, na madrugada de quinta pra sexta-feira, quando uma multidão se fez presente, calando os críticos da festa que certamente acham que os turistas e 'povão' só vem participar do Maior São do Mundo por causa da cultura e 'música da terra'. .

Veja que, assim como os demais cantores breganejo, que já se apresentaram no Parque do Povo, Luan também super lotou o quartel general do forró, mostrando que os paraibanos curtem diversos estilos musicais, não só o forró pé de serra, forro de lata, de plastico ou de papel..

A super-lotação no PP, em todos os shows breganejo, de cantores da terra ou de outros planetas, aquece a economia em toda região de Campina (Em quase toda PB) e revela que as mudanças no perfil da festa junina, misturando músicas nordestina com o breganejo, deu super certo.

Ação filantrópica

Nas redes sociais, muitos questionavam sobre a possibilidades de Luan fazer seguir o exemplo da cantora Marília Mendonça, que para confrontar as críticas de Elba e Alcymar, respondeu com ação filantrópica, não com discurso tolo. Ela usou de esperteza (Marketing) e caiu na mídia nacional, elevando o nome de Campina e da PB em todo Brasil, pois fez uma doação midiática em busca de aplausos, doação no valor de R$ 100.000,00 mil, o documento constando a doação foi entregue em pleno show, com o Parque do Povo super-lotado. O dinheiro foi destinado ao Instituto São Vicente de Paula.

A polemica na internet durante o show de hoje, era se o Luan e outros cantores sulistas, deveriam seguir o exemplo da Marília, se em busca de publicidade ou por extrema caridade, podassem ajudar entidades filantrópicas que cuidados idosos, drogados e pessoas doentes de câncer, em Campina e região. Mas cada cabeça é um mundo, nem todos vivem em busca de fazer caridade para se apresentar ao povão em nome de marketing permanente. Mas se Luan e outros seguissem o exemplo de Marília, Campina só tinha a agradecer!

A fila

Na manhã de quita-feira, jovens crianças e adultos já se faziam presentes em frente ao palco no Parque do Povo, debaixo de chuva, para garantir seu lugar bem perto do cantor.

As zero horas de hoje (30), Luan iniciou seu show cantando música romântica, depois fez uma misturada com forró, funk, músicas estrangeiras e seu estilo próprio, agradando vários gostos.

A presença do povão de Campina, cidades vizinhas, ou melhor, de todo estado, de quase todo o Brasil e do exterior no Porque do Povo, demonstra que as mudanças foram positivas.

Luan finalizou sua apresentação agradecendo a todos os presentes, parabenizou os que fazem a organização do evento e a todos nordestinos que sabem manter viva a Cultura junina, mesmo com diversidades musical, abrindo a oportunidade do "Povo da terra" poderem assistir shows de cantores de renome nacional, em Praça Pública, onde muitos, só se apresentam em casas de shows, mas no Maior São do Mundo, o povão tem a oportunidade de "assistir de graça".










Blog do Gari Martins da Cachoeira

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.