Volume do açude de Boqueirão sobe para 4% com recarga de águas da transposição

Segundo Aesa, açude ainda precisa atingir volume de 8,2% para sair do volume morto



Passados 20 dias do encontro das águas da transposição do Rio São Francisco com o espelho d'água do açude Epitácio Pessoa, conhecido como açude de Boqueirão, no Cariri paraibano, o volume do reservatório já subiu para 4% nesta segunda-feira (8). Quando o açude começou a receber as águas, ele estava com apenas 2,9%.

Os dados foram divulgados pela Agência Executiva de Gestão da Águas da Paraíba (Aesa). O açude tem capacidade para armazenar 411.686.287 metros cúbicos e está com 16.653.436 metros cúbicos.

Mesmo com a melhora, a água do açude continua sendo retirada por um sistema de captação flutuante. Para sair do volume morto, o açude precisa ficar com um nível de água acima de 8,2%, o suficiente para cobrir as comportas da captação de fundo no sistema convencional.


De acordo com a Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa), o fim do racionamento de água em Campina Grande e outras 18 cidades abastecidas por Boqueirão depende da saída do volume morto. As cidades tiveram uma leve redução no racionamento.





Por G1 PB

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.