Sindifisco nega manipulação de dados e ameaça entrar na Justiça contra o governo da PB


O presidente do Sindifisco da Paraíba, Manoel Isidro, negou qualquer possibilidade de manipulação de dados com relação à listagem de servidores públicos que atuam na administração estadual. Durante entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (25), secretários do Poder Executivo afirmaram que os números relativos aos funcionários conhecidos por ‘codificados’ podem ter sido manipulados.

“Não houve manipulação de dados. O Sindifisco apenas divulgou os dados que são fornecidos pelo Tribunal de Contas. O Sindifisco não cometeu nenhum crime, apenas divulgou dados que deveriam ter sido divulgados há muito tempo”, explicou Isidro.

O presidente disse ainda que a acusação vinda dos secretários pode acabar, inclusive, na Justiça. “Aí sim tem uma acusação de manipulação e cabe até uma ação judicial. Eu quero esclarecer que o Sindifisco não acusou ninguém de nada, apenas divulgou os dados”, acrescentou.





Portal Correio

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.