Morador de rua arma rede de varanda em arvores para dormir na Praça da Bandeira em pleno centro de Campina Grande



O repórter da Rádio Correio FM-98.1, Hiran Barbosa, publicou uma foto em seu perfil no Facebook, que mostra o crescimento exacerbado de moradores de rua em nossa cidade.

Hiran não revelou quem seria a pessoa que aparece ocultamente na imagem, deitada em uma rede, que seria provavelmente um(a) morador(a) de rua de maior ou menor idade.

Esse personagem oculto, um ser humano quase invisível. armou uma rede de varanda em arvores para dormir ao relento, em plena Praça da Bandeira, no centro Campina Grande, como se estivesse em um "hotel de luxo" ao ar livre. Mas na verdade, essa pobre criatura-humana, tem certeza que não está em um hotel de luxo. O termo "hotel de luxo" é uma ironizarão e critica social sobre a realidade caótica que vive o morador de rua em nosso País.

Todos do poder público sabem que essas criaturas-humana, em muitos casos, são usurário de drogas, foragidos da justiça, imigrantes, em muitos casos são pessoas depressivas, doentes mentais leve, que abandonam a família para viver nas ruas, uma boa parte dessa comunidade sem lar é de pessoas que vem de cidades pequenas em busca de fonte de renda, mas acaba se deparando com as marquises, praças públicas, viadutos, casas e prédios abandonado como hotel. Sem falar que tem também os indigentes, que sequer tenha Titulo Eleitoral, por isso o chamei der criatura humana em vez de cidadão. Cidadão só é que vota ou quem é dependente do eleitor.

Tudo bem que essas pessoas se apoderam do espaço público para dormir, eles não fazem mal a ninguém, mas devemos observar que dormir nas ruas perigoso, pois têm muitos casos em que alma-sebosas agridem, queima e até mata morador de rua.

Essa cena não é património de Campina, se ver em quase todo o Brasil em pequenas e grandes cidades, a falta de moradia e ressocialização de pessoa que vivem livre é mais baixa que sobre os que vivem presos em presídios, a Cracolândia em São Paulo serve como modelo de mal exemplo.



Blog do Gari Martins da Cachoeira 









Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.