Grato por sua visita!

Marília Mendonça: O cupido é gari e a desvalorização da mulher


Quantas letras de músicas chegam aos nossos ouvidos que na realidade são verdadeiros abusos, que determinados cantores estupram nosso aparelho auditivo com palavras de duplo sentido e mantra exagerado. A pornofonia, a excitação ao crime organizado, à violência, às drogas, à vulgaridade, ao preconceito, à descriminação e tantos outros, estão presentes em muitas letras cantadas por cantores de fama provisória que tem todo apoio dos meios de comunicação de massa, que por sua vez, são responsáveis por essa divulgação vulgarizada, passando à poluir as mentes de crianças e jovens, os tornando reféns de um sistema apodrecido, fazendo com quer a maioria passe a acreditar que o que lhes é apresentado é bom, e isso é por demais preocupante, pois a atual realidade acena para um futuro decomposto.

Eu estava ouvindo uma música que parecia boa, parei então para degustar cada palavra daquela letra cantada pela cantora Marília Mendonça, nada contra ela, porém chamo a atenção para esse trecho da letra musicada que diz: "O meu cupido é gari, só me traz lixo"

O gari cupido, o amor lixo e a mulher lixão

Os compositores compositores Vinícius Poeta , Junior Gomes, que fizeram a composição da música "Meu Cupido é Gari", interpretada na voz da cantora e compositora, Marília Mendonça parece que não conhece nada sobre a função de um agente de limpeza (Gari), catador e comprador de produtos de reciclagem. Pois é, em sua música, o Meu Cupido é Gari, sem querer ela promove a desvalorização da mulher ao comparar o seu cupido com um gari, alegando que o mesmo só lhe traz lixo, da seguinte forma:"O meu cupido é gari/ Só me traz lixo/ Lixo, lixo, você é prova disso/ Lixo, lixo, você é prova disso/ Esse cupido é cego/ Tá demitido/ Sua flecha não tem ponta/ E nem sentido/Cupido amado/Uma decepção me trouxe um amor/Encomendado do lixão..."

Se o cupido dela é gari, a mulher, como eu poético é o lixão, porque o gari é responsável pela limpeza pública, desde varrimento de ruas, coleta de resíduos, lixo orgânico, lixo reciclável e bota-fora, também faz a limpeza das bocas de lobo, campinas e córregos, sendo que, o gari recolhe lixo nas ruas e leva, ou melhor, o lixo é conduzido por um veículo especial com destino ao o lixão (aterro sanitário), ao afirma que o cupido trás lixo, logo tentando desvalorizar a suposta paixão indesejada, promove indiretamente a desvalorização da mulher pois se recebe o lixo recolhido pelo "cupido gari"

Segundo a Mitologia grego/romana, o cupido é um deus romano do Amor, Filho de Vênus e Marte. Sempre retratado geralmente representado como um menino alado que carregava um arco e um carcás com setas pronto para disparar sobre o coração de homens e deuses. Foi protagonista de um romance muito famoso com a princesa Psique (deusa da Alma).

Os ferimentos causados pelas flechas que atirava, despertava amor ou paixão em suas vítimas. Muitas de suas ele era tido como benéfico em razão da felicidade que concedia aos casais, imortais ou mortais.

Na pior das concepções, era considerado malicioso pelas combinações que fazia situações em que agia orientado por sua mãe Vênus.

Contrario do que tenta mostra a letra da música, o gari trata bem a população, dar valor a sociedade, porque os contribuintes merecem esse tipo de amor, pois o gari não gera decepção pro coração, mesmo dos que não promovem o asseio da sua cidade, sendo que o gari não pode ser comparado com um cupido inconsequente, sem rumo, sem direção. O gari tem rumo e direção, fazer a limpeza, recolher o lixo e levar pra o lixão. Outra coisa, o gari faz bem a limpeza da cidade que sofre com aaa sujeira dos urubus-humanos, o agente de limpeza não é cego para ser demitido, até porque um deficiente visual não pode fazer essa atividade nas ruas para ser demitido por não ver bem o lixo que deve ser levado ao lixão. Sua flecha tem ponta, ele mira o alvo (sujeira) com sentido pois é profissional e não um amador, tão pouco produz decepção, em vez de levar, fazer o contrario, traz o lixo (amor) encomendado do lixão, que faz isso são os compradores dos lixo reciclável pelos catadores de lixo no lixão, que sobrevivem dessa atividade por falta de emprego e renda, essa atividade não feita pelo gari, sim pelo catador e comprador de produtos recicláveis, o famoso resíduo solido, o lixo.

Com todo respeito a quem gosta dessa música, mas acho um desrespeito aos funcionários da limpeza pública ao comparar com cupido cego, que gera decepção, só traz lixo. Será que um Gari não é capaz de amar e fazer alguém feliz? Sei que essa letra não foi feita com o propósito de desvalorizar a pessoa do Gari, mas a ideia que nos é transmitida, aparenta ser de preconceito e descriminação. Por tanto prestemos mais atenção ao transmitir uma mensagem seja ela qual for.

Resumindo, o amor dessa mulher é lixo, mas ela é maior ainda, é deposito de lixo, ou melhor, o lixão, porque afirma que o cupido é gari e só lhe traz lixo.

Meu Cupido É Gari - Marília Mendonça
Compositor: Vinícius Poeta , Junior Gomes

O meu cupido é gari
Só me traz lixo
Lixo, lixo, você é prova disso
Lixo, lixo, você é prova disso

Esse cupido é cego
Tá demitido
Sua flecha não tem ponta
E nem sentido
Cupido amador
Uma decepção me trouxe um amor
Encomendado do lixão

Não me tratou bem
Não me deu valor
Será que eu mereço esse tipo de amor?
Só decepção pro meu coração
Cupido inconsequente
Sem rumo, sem direção.

O gari não é cupido nem traz lixo, ele leva o lixo pra o lixão!






Blog do Gari Martins da Cachoeira
Francisco Vieira Filho (Chico Filho)   



Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.