Ex-prefeita de Estrela de Alagoas vai a júri popular por homicídio na terça-feira

Ângela Garrote é ré no caso da morte de José Roberto Rezendo, em 1999. Segundo MP, a vítima teria denunciado a ex-prefeita e o marido dela.



A ex-prefeita de Estrela de Alagoas, Ângela Garrote (PP), vai a júri popular na próxima terça-feira (16). Ela é acusada do homicídio de José Roberto Rezende Duarte, em março de 1999.

A informação foi divulgada pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) nesta sexta (12). O júri está marcado para as 8h, no Fórum da Capital, no Barro Duro, sob condução do juiz John Silas da Silva, substituto da 9ª Vara Criminal.

De acordo com a denúncia do Ministério Público de Alagoas (MP-AL), o crime ocorreu no povoado Canafístula, em Palmeira dos Índios. A vítima foi morta a tiros por três homens que se passavam por policiais.

À época, Ângela Garrote era primeira-dama de Estrela de Alagoas. Ainda segundo a denúncia do MP, a motivação do assassinato teria sido a denúncia que a vítima fez, nos meios de comunicação, sobre supostas irregularidades que a ré e o marido dela, prefeito à época, teriam cometido à frente da prefeitura.

A defesa de Ângela Garrote alega que ela não teve envolvimento com o crime. A ré foi pronunciada em maio de 2013 e será julgada por homicídio duplamente qualificado.

O julgamento estava previsto para ser realizado em Palmeira dos Índios, mas o local foi mudado porque na cidade havia a influência da família da ré. Em 2015, o caso foi transferido para Maceió.



Fonte: G1



Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.