Grato por sua visita!

Chuva deixa estragos e causa mortes em Alagoas e Pernambuco

Presidente Michel Temer viajou para o Nordeste para sobrevoar áreas


Na Capital de Alagoas, os deslizamentos ameaçam moradores
 de áreas de risco. Foto: Pei Fon / Secom Maceió
Além do Rio Grande do Sul, a chuva também causa problemas e deixa vítimas fatais em Estados do Nordeste. Em Alagoas, quatro pessoas morreram e outras quatro estão desaparecidas na Capital, Maceió. O grande volume de precipitações no período de uma semana vem causando deslizamento de barreiras e elevação do nível de rios também em cidades do Interior.

Em Pernambuco, um casal da cidade de Lagoa dos Gatos morreu soterrado. Outras duas pessoas de Caruaru estão desaparecidas.

Devido aos estragos, o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), decretou situação de emergência em Maceió e Marechal Deodoro, na região metropolitana. Em Pernambuco, o governador Paulo Câmara (PSB) anunciou neste domingo que 13 municípios das regiões do Agreste e Zona da Mata Sul estão em estado de calamidade.

Leia mais:
Temporais causam estragos em 52 municípios gaúchos
Enchente tira cem famílias de casa em São Sebastião do Caí
Ventania deixa feridos em Sertão

A gravidade da situação fez o presidente Michel Temer, em plena crise política, cancelar as reuniões que teria em Brasília e viajar para o Nordeste, onde sobrevoaria as áreas mais atingidas. Temer se encontraria neste domingo com o novo presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, e com os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira.

Em Alagoas, mais de mil famílias foram forçadas a deixar suas casas por causa das chuvas. Em Maceió, pelo menos 212 famílias estão desabrigadas e outras 650 desalojadas. Os municípios de Pilar e Atalaia também registram mais de 260 pessoas afetadas. Outras cidades também podem passar a ser consideradas em situação de emergência nas próximas horas. Nos 13 municípios pernambucanos mais afetados, são cerca de 5 mil desabrigados.

Recife - Presidente Michel Temer durante reunião sobre enchentes que atingem o Estado de Pernambuco.( Alan Santos/PR)



Fonte: ZH Notícias 




Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.