Compartilhar ai vai!

Atores Essenciais na Limpeza Urbana


Hoje é comemorado em todo o Brasil o Dia do Gari e não poderíamos deixar esta data passar sem homenagear estes profissionais.

Para quem não sabe, no Brasil, os garis são responsáveis pela limpeza pública, mas também podem contribuir com a coleta seletiva, a coleta dos resíduos de saúde, a limpeza de deposições clandestinas, a lavação de ruas e avenidas, a limpeza das bocas de lobo e a capina e a limpeza dos córregos.

Mas antes de homenageá-los vamos entender um pouquinho sobre sua origem.

O termo “gari” surgiu em homenagem ao francês Pedro Aleixo Gary, primeira pessoa a assinar uma contrato de limpeza pública com o Ministério Imperial, organizando assim, a partir do dia 11 de outubro de 1876, a remoção de lixo das casas e praias do Rio de Janeiro.

Este serviço incluía o transporte do lixo para a Ilha de Sapucaia, onde hoje fica o bairro Caju. Pedro Gary permaneceu no cargo até o vencimento do contrato, em 1891.

Após o vencimento de seu contrato, seu primo Luciano Gary assumiu a empresa, sendo ela extinta no ano seguinte, pois seus serviços deixavam a desejar. Assim, foi criado a Superintendência de Limpeza Pública e Particular da Cidade.

De lá pra cá, os garis trabalham todos os dias com seriedade e dedicação, apesar da profissão ser árdua. Faça chuva, faça sol, lá estão os profissionais da limpeza recolhendo o lixo e trabalhando para manter nossa cidade limpa.

É um trabalho nobre e digno, pois afinal, é ele que cuida das cidades e também da nossa saúde. Mas por que da nossa saúde? Porque todos sabem que em ambientes limpos, dificilmente não há proliferação de macro e micro vetores.

Eles combatem, de forma direta várias doenças que se desenvolvem com o acúmulo dos resíduos, como, por exemplo, a dengue.

No Brasil, infelizmente os garis não recebem o devido respeito e visibilidade que merecem, pois é graças ao seu trabalho que os cidadãos podem viver em uma cidade mais limpa e bonita. Então, antes de criticar ou desvalorizar este profissional, vamos ajudá-lo, pois viver em uma cidade de ruas limpas e conservadas é desejo de todos.

Você sabia que pode facilitar a vida do gari e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente?

Não jogue lixo nas ruas ou entulho nas vias públicas, córregos, lotes vagos, bueiros e encostas. Além de poluir a cidade, o lixo nas ruas entope bocas de lobo e pode provocar enchentes.

Tape os materiais de construção civil, pois eles serão arrastados e se acumularão nas ruas e drenagens e conserve o solo para evitar assim a erosão. Estas medidas irão contribuir e fazer com que o gari não passe muito trabalho, pois não será precise varrer esses sedimentos.

Quando estiver no trânsito, por exemplo, respeite os cones de sinalização. Eles estão ali para proteger os varredores, que estão trabalhando para deixar a cidade mais bonita para todos nós.

Respeite também, os dias e horários de exposição do lixo para coleta, evite deixar seu lixo na rua por mais tempo que o necessário e embale corretamente seu lixo, em sacolas resistentes, bem fechadas e de tamanho adequado, para evitar que elas se abram e espalhem o lixo nas vias públicas. Lixo não embalado, além de exalar mau cheiro, atrai animais que podem ser portadores de doenças.

Proteja o vidro e outros materiais perfurocortantes (estiletes, pregos, lâminas) com material resistente antes de colocá-lo na sacola e pressione as tampas das latas para dentro. Esses materiais desprotegidos podem ferir o gari, mesmo ele usando as luvas protetoras.

A velocidade do caminhão de coleta é em média 5 a 7 km/h. É preciso a cooperação dos outros motoristas no trânsito. Infelizmente, muitos reagem com impaciência, não levando em consideração a importância do trabalho realizado pelos garis.

Além dessas ações, você também pode reduzir o acumulo de lixo nas ruas. Mas como? Basta separar o lixo que geramos dia a dia realizando coleta seletiva. A coleta seletiva consiste na separação de materiais como papéis, plástico, vidros, metais, dentre outros, que antes seriam descartados de maneira incorreta.

Todo esse material será coletado e encaminhado aos locais que irão realizar a reciclagem, transformando esse ”lixo” em novos produtos. Além de contribuir para a redução de resíduos nos aterros e na limpeza de nossa cidade.

Então, antes de desvalorizar qualquer profissional, pense em fazer a sua parte, pois juntos fazemos um meio ambiente melhor.

* Obs.: Em estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, não há distinção entre gari e lixeiro. Todos são garis.




Fonte: 2engenheiros



Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.