Terror em Jaguaruana: Grupo criminoso já estava sendo investigado, afirma delegado



Jaguaruana viveu momentos de terror na madrugada deste sábado (1). Um grupo fortemente armado, que reunia de 20 a 25 homens, tentou assaltar duas agências bancárias da cidade. A ação, entretanto, foi frustrada pela rápida ação da Polícia Militar. De acordo com o delegado do Departamento de Polícia do Interior (DPI), Jocel Dantas, a resposta foi bem sucedida por conta do serviço de inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Ceará.

Jaguaruana

A quadrilha, segundo Jocel Dantas, já estava sendo monitorada e este trabalho contou com o apoio da Polícia Federal do Rio Grande do Norte. "Sabíamos da existência desse grupo e que eles estavam vindo arrombar um banco na região, só não sabíamos em qual cidade. Estava sendo tudo monitorado, tudo investigado", detalha. O serviço de inteligência também detectou que a quadrilha era composta de indivíduos da Paraíba e Rio Grande do Norte. Eles já estavam atuando em pequenas cidades do nordeste.

Operação

O delegado explica que o bando atacou a delegacia na tentativa de impedir o trabalho da polícia. Ao mesmo tempo, parte do grupo se dirigiu às agências do Banco do Brasil e Bradesco para "estourar" os caixas eletrônicos. Quando houve a explosão, a polícia interveio imediatamente e teve início o confronto.

"Tentaram fugir, mas se sabe que hoje temos seis óbitos. Não sabemos se os que foram mortos são todos bandidos. Existe a versão de que um cidadão que não fazia parte da quadrilha morreu. Estamos investigando e temos que ser transparentes e apurar com fiel lisura. Sabemos que eram de 20 a 25 homens, cinco estão presos e tem um ferido no Hospital de Russas que está escoltado", explica Dantas.

Jaguaruana


DN Online




Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.