Compartilhar ai vai!

Mesmo com Carne Fraca, balança tem superávit de US$ 7,1 bilhões



Mesmo com as sanções sofridas pela carne brasileira no exterior após a Operação Carne Fraca, a balança comercial brasileira registrou o melhor desempenho para março em 29 anos.

O superávit foi de 7,145 bilhões de dólares (22,288 bilhões de reais) no mês passado, o maior valor para o período em toda a série histórica, iniciada em 1989, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).

As exportações de carnes bovinas, suínas e de frango somaram 1,113 bilhão de dólares (3,471 bilhões de reais) em março deste ano, valor 9% maior do que em igual período do ano passado 1,021 bilhão de dólares (3,184 bilhões de reais).

As vendas externas aumentaram no caso do frango (de 511 milhões de dólares – 1,594 bilhão de reais –  em março de 2016 para 571 milhões de dólares – 1,781 bilhão de reais –  no mês passado) e da carne suína (de 99 milhões de dólares -308,821 milhões de reais –  para 138 milhões de dólares – 430,47 milhões de reais – no mesmo período).

Mas caíram na carne bovina (de 411 milhões de dólares -1,282 bilhão de reais – para 404 milhões de dólares – 1,260 bilhão de reais – em igual intervalo).

No mês passado, a Polícia Federal deflagrou uma operação para apurar suspeita de um esquema de corrupção envolvendo técnicos do Ministério da Agricultura e frigoríficos para driblar irregularidades sanitárias na produção de carne brasileira. Diversos países anunciaram barreiras ao produto nacional após a divulgação da operação, mas parte das sanções já foram revertidas.
Saldo

No total, o saldo positivo é resultado de 20,085 bilhões de dólares (62,653 bilhões de reais) em exportações e de 12,940 bilhões de dólares (40,365 bilhões de reais) em importações.

No ano, o resultado acumulado é positivo em 14,424 bilhões de dólares (44,994 bilhões de reais), também o melhor resultado para o período. As exportações somaram 50,466 bilhões de dólares (157,423 bilhões de reais) e as importações, 36,042 bilhões de dólares (112,429 bilhões de reais).




(Com Estadão Conteúdo)



Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.