Compartilhar ai vai!

Em vídeo, irmã de Aécio chora ao rebater acusações


Andrea Neves foi acusada em delação de receber propina em conta bancária no exterior



Irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG), a jornalista Andrea Neves chorou em um vídeo gravado por ela no qual rebate a acusação de que teria recebido propina da Odebrecht em uma conta bancária nos Estados Unidos.

"Pra mim, como disse meu irmão ontem à noite, pouco interessa agora quem mentiu, quem é o mentiroso, se o delator ou a fonte da revista. O que interessa é a mentira. Eu não sei o que está acontecendo para tanto ódio e tanta irresponsabilidade, atacar de forma tão covarde a vida das pessoas.", disse Andrea.

Em reportagem publicada na sexta-feira (31), a revista "Veja" revelou parte do conteúdo do que seria a delação de Benedicto Junior, ex-¬pre¬sidente da Odebrecht Infraestrutura.

Segundo a semanal, Junior teria afirmado na delação –já homologada no Supremo Tribunal Federal– que os repasses a Aécio foram "contrapartida" ao atendimento de interesses da empreiteira em obras como a da Cidade Administrativa, em Minas, e da usina de Santo Antônio, em Rondônia, onde a Cemig (estatal mineira) integrou um consórcio.

Ontem o senador Aécio Neves convocou uma entrevista coletiva e também gravou um vídeo para rebater a reportagem. Segundo ele, o advogado do delator que teria feito as acusações teria desmentido o depoimento.

"Estou solicitando ao minsitro (Edson) Fachin (relator da Lava Jato na corte) que abra as delações. Esses vazamentos seleitvos são criminosos. Tem que parar e ser punidos", afirmou o tucano.

No vídeo de Andrea, a irmã de Aécio fez um apelo emocionado. "Eu gostaria de poder olhar no seu olho, embora não te conheça, pra garantir que isso é mentira e que vamos provar".

Depois, fala com a voz embargada. "Gostaria de poder olhar no olho... Desculpa... De cada pessoa que eu conheço, de cada amigo, de cada pessoa que acompanha nosso trabalho, pra dizer é mentira, e nós vamos provar."

Enfim, evoca "duas pessoas que me conhecem tão bem", a mãe e a filha. "Fiquem tranquilas, não sofram por nós, porque nós vamos provar que é mentira."




Pedro Venceslau | O Estado de S. Paulo

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.