Cássio acredita que chapa de Ricardo Coutinho deve ser cassada pelo TRE



O senador Cássio Cunha Lima, em entrevista nesta segunda-feira, 03, disse que o partido dele pediu celeridade à Justiça Eleitoral para o julgamento do caso que pede a cassação da chapa Ricardo Coutinho e Lígia Feliciano por suposto abuso de poder através da PBprev e Empreender, nas eleições de 2014.

Conforme Cássio, o abuso de poder no caso da PBprev se deu porque, meses antes das eleições, a entidade deferiu mais de mil e seiscentos processos, o que anteriormente eram em média 160.

Segundo ele, a ação da PBprev, nos dois meses que antecederam as eleições, representa sete milhões de reais.

– Se comparar com os anos anteriores, há uma visível atipicidade no volume de processos. Há cada ano se tinha 150, 160 processos deferidos e quando vem o ano da eleição, nos dois meses que antecedem o pleito, salta para mais de mil e seiscentos processos deferidos, com despesas de mais de sete milhões de reais. Isso fez com que o próprio Ministério Público Eleitoral compreendesse o visível abuso de poder político e econômico praticado e pede a cassação da chapa – disse ele.

O senador ainda ressaltou que o processo do Empreender é ainda mais grave e acredita que a Justiça não deverá ter ‘dois pesos e duas medidas’, pois ele teria sido cassado por menos e em um período de seis meses após sua diplomação.


Paraibaonline

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.