Compartilhar ai vai!

PGR encaminha autos do inquérito contra Cássio para o STF


O processo que investiga o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) sobre o caso do “dinheiro voador”, também conhecido como “Caso Concorde”, teve nova movimentação nesta quarta-feira (29).

A Procuradoria Geral da República (PGR) devolveu ao Supremo Tribunal Federal (STF) os autos que estavam com vistas ao representante do Ministério Público desde o dia 5 de dezembro de 2016.

A Operação Concorde, da Polícia Federal, apurou esquemas de desvios de recursos e lavagem de dinheiro na campanha eleitoral do PSDB da Paraíba em 2006.

A ação se tornou lendária em João Pessoa porque literalmente choveu dinheiro na capital paraibana. Para não ser pego em flagrante pela PF, um operador da política local teria jogado R$ 400 mil do alto do edifício Concorde, o que deu nome ao caso.






Leia mais no Paraíba Já.

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.