População denuncia falta de medicamentos em Alagoa Nova



Pacientes não estão conseguindo os medicamentos que precisam na rede pública de saúde de Alagoa Nova, Brejo paraibano. A comunidade relata que o descaso persiste há mais de três meses no município. 

Dona Elcina, tem um filho que sofreu um acidente de moto a mais de um ano, ela diz que o rapaz necessita de noventa comprimidos por mês do medicamento “Hidantal”, o qual é indicado para o tratamento de crises convulsivas. “Eu pegava os remédios numa sala reservada no Hospital, já faz dois meses que não recebo, eles me falam que está faltando, mas vão regularizar a entrega dos medicamentos e enquanto isso eu tenho que comprar porque é necessário para o tratamento do meu filho que tem crises convulsivas por causa do traumatismo craniano”, destacou.

De acordo com Adonias Brasil, sua esposa vai diariamente ao posto de saúde perto da sua casa e sempre tem a mesma resposta, que está para chegar. “Meu filho toma um medicamento com princípio ativo "Carbamazepina", que é distribuído gratuitamente pelo SUS, mas faz mais de três meses que eu estou tendo que comprar”, declarou.

O Portal de notícias Alagoa Nova Já, procurou na manhã desta quarta-feira (27) esclarecimentos da Secretaria de Saúde do município sobre a falta dos medicamentos, entretanto, os funcionários informaram que eles não podem responder sobre o assunto e que apenas a coordenadora de Atenção Básica e do programa Saúde da Família ou a própria secretária Valkênia Moraes poderiam fornecer estes esclarecimentos, mas nenhuma se encontrava na secretaria.  

Editorias





Fonte: Alagoa Nova Já 

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.