Corpo de Alencar é velado no Palácio do Planalto

Mariana Londres Pinha/R7O corpo do ex-vice-presidente José Alencar chegou ao Palácio do Planalto, onde será velado, por volta das 11h desta quarta-feira (30). A cerimônia terá início com uma missa apenas para os familiares e algumas autoridades. Só mais tarde, uma parte do espaço será liberada para passagem de visitantes, que poderão subir pela rampa principal para dar o último adeus a Alencar.
A chegada da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estavam em viagem a Portugal, está prevista para o fim da tarde. Da base aérea, eles vão seguir direto para o Palácio. Alencar, que presidiu o país por 398 dias na ausência de Lula, terá funeral com honras de chefe de Estado.
De Portugal, Lula mais uma vez falou sobre a morte do vice, que o acompanhou por dois mandatos, e dedicou o título honoris causa da Universidade de Coimbra a Alencar.
O avião da FAB (Força Aérea Brasileira), que saiu de São Paulo com o caixão, chegou a Brasília por volta das 10h e foi recebido pelos presidentes do Congresso, José Sarney, e da Câmara, Marco Maia, além do presidente em exercício, Michel Temer. Representando o STF (Supremo Tribunal Federal), estava na base o ministro Carlos Ayres Britto.
Soldados retiraram o caixão do avião e o colocaram em carro aberto do Corpo de Bombeiros, que seguiu em cortejo fúnebre pelas ruas da capital até o Palácio. Lá, o caixão subiu a rampa para ficar posicionado no centro do Salão Nobre.


 Onze ministros foram ao Palácio do Planalto para o velório de Alencar: Ana de Hollanda (Cultura), Izabella Teixeira (Meio Ambiente), Antonio Palocci (Casa Civil), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), Luiz Paulo Barreto (Justiça), Nelson Jobim (Defesa), Guido Mantega (Fazenda), Alexandre Tombini (Banco Central), Paulo Bernardo (Comunicações), Maria do Rosário (Direitos Humanos) e Fernando Pimentel (Indústria e Comércio Exterior).

Também estão presentes os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux e José Antonio Dias Toffoli, além do ex-presidente e senador Itamar Franco (PPS-MG) e das senadoras Marta Suplicy (PT-SP) e Gleisi Hoffmann (PT-PR). 
Não há decoração especial e a segurança deverá ser reforçada, com parte do estacionamento público reservado. A exposição inaugurada no último dia 23, Mulheres, Artistas e Brasileiras - Produção do Século 20, localizada no mesmo andar, foi fechada hoje.

fonte: R7.com

Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.